O estilo de vida minimalista

o estilo de vida minimalista

Quando comento com as pessoas que estou no caminho de um estilo de vida minimalista, isso sempre levanta algumas sobrancelhas.  E como é uma coisa que tem me ajudado muito a ser um ser humano melhor e mais feliz, achei que seria legal dividir com vocês sobre o que é o estilo de vida minimalista.

Não sou uma minimalista extrema, do tipo que se impões quantas peças de roupa tem que ter no guarda-roupa. Aliás, eu acho extremismo em qualquer coisa pouco saudável. Então vamos falar um pouco sobre o que o minimalismo realmente é.

O que é o estilo de vida minimalista?

Minimalismo não é sobre se desfazer de todas as suas coisas e ter o minimo de coisas materiais possível, apesar de isso ser o que maioria das pessoas pensa sobre o minimalismo. Na verdade o conceito não é nem sobre ter menos coisas, e sim sobre abrir mais espaço para o que importa mais.

O estilo de vida minimalista é uma ferramenta para uma vida mais feliz. Uma ferramenta que te ajuda a se livrar de coisas desnecessárias e viver uma vida mais significativa. Para ter uma vida cheia de felicidade, liberdade e consciência.

É não viver com excessos, tentar não dar valor exagerado a posses materiais. É constantemente questionar se você realmente precisa daquilo que você tem ou se você apenas mantém aquilo por dó de se desfazer.

É se perguntar sempre: isso me faz feliz? Se sim, é algo que vale a pena ter. Se não, é algo que pode ser doado ou vendido para fazer outra pessoa feliz.

luminous-house-with-translucent-walls-and-minimalist-design-13

Não é só sobre coisas

E ai é que a coisa fica realmente interessante: não é só a coisas materiais que o minimalismo se aplica. É olhar para toda a sua vida: hábitos, trabalhos, relacionamentos, objetivos, pensamentos, sentimentos… É pensar em cada uma dessas coisas e se perguntar “Isso me faz feliz? Ou é só um peso que eu carrego por obrigação? Eu mantenho isso na minha vida porque me traz alegria ou por receio de me desfazer?”.

É um processo trabalhoso e em alguns casos pode chegar a ser até doloroso. É se desfazer de amizades tóxicas, de trabalhos que te fazem infeliz, de objetivos inalcançáveis que você só tem porque alguém disse que você deveria, de hábitos que acabam com a sua saúde física e mental e por ai vai. Mas para mim, depois de iniciar esse processo, e passar a colocar essa pergunta como parte da minha rotina, a vida tem sido mais leve, menos estressante e MUITO MAIS FELIZ.

58296a136b0acd934dd0197e12228bff
Para ler o post original no Olho Mágico, clique aqui.
Mais posts da Tia no Olho mágico, leia aqui.

Facebook Comments

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *