3 documentários para entender o veganismo

documentário cowspiracy

No post em que dei dicas para quem quer se tornar vegan, eu citei 3 documentários para entender melhor o veganismo. Foram eles: Terráqueos, Cowspiracy e Carne Osso. Hoje venho falar um pouco sobre cada um.

Terráqueos

foto do documentário terráqueos

Terráqueos dá um panorama sobre a exploração animal pelos seres humanos. O documentário começa abordando o termo especismo, que é o preconceito de que os humanos são superiores aos outros animais e que, por isso, podemos explorá-los para os nossos interesses, e faz um paralelo com outras formas de discriminação como o machismo, o racismo, entre outros.

Ele é dividido em 5 partes. Na primeira, mostra a realidade dos animais de estimação. Aborda desde a indústria de pets, passando por questões como a castração (que é muito importante) e o abandono. A segunda trata dos animais que são explorados para alimentação. São abordadas as práticas mais comuns da indústria das carnes, ovos, laticínios e frutos do mar. Na terceira e quarta, para o vestuário e entretenimento. E, por fim, os animais usados para testes científicos.

É um documentário com imagens bem fortes, então, apesar de recomendar muito, deixo aqui o aviso.

Cowspiracy

foto do documentário cowspiracy

Cowspiracy aborda os impactos ambientais que a criação de animais para alimentação está gerando ao planeta e investiga o porquê das principais ONG’s ambientalistas ignorarem este fato. Ele mostra, de maneira geral, a relação entre agricultura, exploração animal, capitalismo – apesar de não trazer essa crítica diretamente, interesses políticos, e a destruição do meio ambiente.

Você sabia que a pecuária está gerando mais gases do efeito estufa que as emissões de todo o setor de transportes? Pois é.

Carne Osso

foto do documentário carne osso

Se todo o sofrimento por trás da exploração animal e a crise ambiental agravada por ela não foram suficientes pra você considerar o veganismo, porque pensa no desemprego que causaria aos trabalhadores da indústria agropecuária, que tal conhecer a realidade das condições de trabalho dessas pessoas?

O ritmo frenético nas mesas de corte, movimentos repetitivos por horas seguidas, várias violações de leis trabalhistas – e olhe que o documentário foi antes da deforma, digo, reforma – acidentes de trabalho, descaso e abandono por parte dos empregadores e governo são algumas delas.

O veganismo luta pelo fim da exploração animal, e essa passa também pelo fim da exploração humana, e vice-versa.

Assista aos documentários com a mente aberta. Eu sei que a gente evita ver certas coisas para não sofrer. Apesar de ser uma realidade chocante, ainda podemos mudá-la. Considere o veganismo.

Facebook Comments

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *