Como sobreviver a uma viagem de avião longa

Como sobreviver a uma viagem de avião longa

Fosse o meio de transporte uma escolha, eu viajaria sempre de trem. Com paradas para comer e conhecer os lugares super frequentes. Cruzaria oceanos de navios cheios de paradas, e chegaria a lugares inóspitos de helicópteros! Mas como não tem ninguém me sustentando pra viajar, trabalhar é preciso e um mês é pouco pra ir deboinha, aviões costumam ser sempre a opção mais barata/prática para viagens longas.

Eu não tenho nada contra viagens de avião. Inclusive gosto, agradeço a existência e acho lindo o decolar e o pousar! Mas todo mundo que já passou mais de 4 horas dentro de um sabe que o conforto não dura mais que um filme. E a empolgação com a viagem não segura horas sentado. Pensando nisso desenvolvi uma rotina para sobreviver a longas viagens, que dentro da possibilidade, me ajuda muito a chegar inteira no destino!

Rotina para sobreviver a uma viagem de avião longa 

Roupas

Eu sou aquela viajante de pijamas no aeroporto. Uma legging ou bailarina bem confortável com uma camiseta de malha bem levinha e grande é o ideal. Meias quentinhas e que possam sujar (você vai andar só com elas no avião) e tênis fáceis de tirar e colocar. Top daqueles sem costura, e meia calça de compressão para não cansar as pernas.

Zero maquiagem

Porque você vai dormir e vai borrar. O ar é seco e já vai ser ruim o bastante pra sua pele. Só um hidratante no rosto e óculos em vez de lentes se for o caso. É garantia de sucesso e conforto por horas!

Check In

Faça no dia anterior ao embarque. Vai te poupar estresse no aeroporto. E dá pra garantir o lugar na janela se pretender dormir, ou corredor do bloco do meio se não. Na minha experiência pessoal o fundo do avião tende a ser mais vazio, e potencialmente mais confortável. Fique de olho em fileiras vazias assim que acabar o embarque. Elas serão concorridas, mas uma vez nelas dificilmente alguém vai sentar do seu lado!

O Que Levar na Cabine

O mínimo possível dentro do seu conforto. Eu gosto de levar um casaco compatível com o frio do destino, que deixo nos compartimentos de bagagem junto com uma mochila quase vazia, contendo uma troca de roupa leve e máquina fotográfica.
Comigo embaixo do banco da frente uma mochilinha pequena (que caiba dentro da mochila grande assim que o vôo acabar) contendo garrafinha de água, celular, fones de ouvido, carregador USB, máscara e tapa ouvidos para dormir melhor, porta documentos com passaporte e cartões de embarque e nécessaire contendo água termal, lenços umedecidos, spray nasal com soro (acredite, umidificar o nariz salva vidas riníticas e possíveis dores de cabeça!), desodorante, escova de dentes e mini pasta de dente.

Como Dividir o Tempo

Comida > alongamentos > playlist da soneca > soneca o mais longa possível > alongamentos > comida > eventual conexão > filme/série local do destino > Comida > música animada até a chegada
Isso geralmente cobre uma viagem de 10 até 20 horas, tendo que estender os tempos de soneca, filmes e músicas dependendo da quantidade de horas. Nas maiores que 20 você troca a música animada por mais uma soneca, e segue a rotina até começar a morrer por dentro de ansiedade (mas uma hora chega, eu prometo!).

Refeições

Coma leve, e dentro da sua zona de conforto. Dificilmente você vai ter muitas opções mesmo, mas se algo parecer estranho é melhor evitar, lembre que você sempre pode pedir mais de algo que gostou para os comissários se for o caso.

Beba água. Sempre. Tenha uma garrafinha com você (passe com ela vazia na segurança e depois é só encher). O ar dentro de aviões é muito seco, você precisa se hidratar. Sim vai dar vontade de ir no banheiro. Não você não vai incomodar ninguém tanto assim pedindo licença 1 ou 10 vezes. Levantar durante o vôo faz bem.

O dia e horário de chegada

Chegada de dia – planeje um dia tranquilo num parque, SPA ou semelhante próximo ao seu hotel, se alimente ainda leve e comum, não faça planos noturnos para se acostumar melhor ao fuso. Resista à sonecas! Dormir agora só vai complicar seu sono e não queremos isso em viagens.

Chegada noturna – comida leve e sem aventuras e dormir. Caso esteja se hospedando em hostel a primeira noite é uma que vale a pena pagar um quarto individual de fácil acesso. Resista a sair a noite se não estiver com sono. A noite q você vai ganhar pode custar dias de horário biológico estragado!

Como sobreviver a uma viagem de avião longa

Pronto! Nem requer tanta preparação assim e dá pra segurar uma viagem longa bem mais confortavelmente! Chegando no seu destino o melhor possivel e pronta para aproveitar!

Facebook Comments

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *