A responsabilidade é sua

Estamos sempre reclamando… Sobre a Indústria da Moda ser muito poluente, ou sobre as condições de trabalho que os funcionários são submetidos aqui no Brasil em países do sul asiático onde as grandes marcas fast fashion costumam produzir… mas qual o papel do consumidor responsável? Reclamamos das condições de trabalho, mas não questionamos a lógica do preço baixo demais. Questionar é preciso No Brasil, inclusive, eu diria que a lógica é ainda pior: você paga caro por coisas produzidas a custo baixo e em condições que desconhecemos. Zara, Bobô, Le Lis Blanc, Animale e Amissima são exemplos de marcas de […]

Continue Reading

Entendendo seu estilo.

entendendo o seu estilo_Closet Rehab

Já parou para pensar nas referências que você usa de inspiração na hora de se vestir? O que para muit@s é apenas um copia-e-cola eterno, para muit@s é um exercício eterno de autoconhecimento e desenvolvimento do estilo pessoal. Autoconhecimento e vida. É preciso viver para desvendar os mecanismos por trás da relação que você tem com as suas roupas. Eu falei sobre ter uma relação equilibrada com as suas roupas porque quando nos tornamos escrav@s da moda, deixamos de ter prazer em se vestir e começamos a alimentar uma obsessão nada saudável pelo consumismo e pela ditadura de tendências imposta pela […]

Continue Reading

“Substitua consumo por autoestima.”

Sentido Li essa  frase da Oficina de Estilo no livro “Moda com Propósito” – que eu super indico, inclusive! –   e acho que ela tem super a ver com a minha opinião sobre roupas e a forma como lidamos com elas. Aliás, vamos começar separando a nossa relação com as nossas roupas da nossa relação com o consumo. Compramos muitas coisas que não precisamos. Gastamos muito tempo das nossas vidas para ganhar dinheiro, e gastamos em segundos com roupas (e coisas) que simplesmente param de fazer sentido com o tempo e passam apenas a encher a casa. Consumir sem ser […]

Continue Reading

Consciência

Já parou para pensar sobre o tema sustentabilidade na moda? Resolvi começar escrevendo sobre a indústria da Moda por estar lendo sobre o assunto e cada vez me chocar com os números e com o descaso tanto de quem compra quanto de quem produz. Claro que eu vivo em uma bolha onde consumir de forma consciente se tornou parte da minha vida e mudou a maneira como eu lidava com roupas, moda e até com meus objetivos profissionais e pessoais. Esse primeiro post é apenas para fazer você pensar como a Indústria da Moda não pode ser linear. Ela precisa […]

Continue Reading

Saindo da Zona de Conforto com a Zaful

Maior parte do meu guarda-roupa é preto e branco. Algumas peças cinzas e consigo contar nos dedos de uma mão as coloridas (que são todas azul escuro ou verde escuro). E o pior é que não foi nada intencional deixar o guarda-roupa todo preto e branco, mas aconteceu. No fim das contas, eu acabei ficando mais confortável com roupas monocromáticas ou escuras. E por quase nunca comprar roupas novas, foram elas mesmo que ficaram dominando o meu guarda-roupas.   Bendita Mudança Mas com essa mudança de país para o Canadá acabei me desfazendo de 90% do meu guarda-roupas, doando ou […]

Continue Reading